Francisco Ferraz

Francisco Ferraz, natural de Escariz São Mamede Vila Verde é o criador da Burrinha que carrega a estátua de Nossa Senhora, na mítica procissão da Burrinha. A Braga-Mística esteve à conversa com o criador que faz disto um hobbie. “Para mim isto não é uma profissão. Já faço criação de burros há mais de 40 anos.” Sempre muito acessível na conversa e com uma disposição fantástica, era com muito orgulho que Francisco Ferraz falava dos seus animais de estimação.

Sempre com muito afeto à sua récua, disse-nos que o melhor tratamento que se pode dar é muito carinho, dar de comer e acima de tudo tratar deles e perceber aquilo que eles sentem “[…]temos que dar de comer, falar com eles, tratar deles quando doentes. Eles são tratados como pessoas normais, a gente chega e fala com eles, muitas vezes ouvem os nossos desabafos.”.

Já tem quase mais de uma década que Francisco Ferraz, faz a criação destes animais, para uma das procissões bracarenses que mais gente leva. O cortejo bíblico tem de nome “Vós Sereis o meu Povo”, não foi realizada no ano 2020, devido aos efeitos pandémicos que ainda vivemos e foi com algum sentimento de tristeza que o Francisco Ferraz falou. “Infelizmente este ano não foi possível que a Burrinha fizesse aquilo que faz durante muitos anos, olhe culpe esse maldito vírus” disse com uma voz de revolta.

Dentro do seu estábulo tem 5 burras, que as intitula de suas meninas, “[…] as minhas meninas, tem todas o seu nome e temos que saber distinguir. Eu tenho 5, a Pombinha (a última burrinha que carregou Nossa Senhora), a Princesa, a Rola, a Grilo e a Lili. Estas meninas comem tudo natural. Não há cá produtos processados. Pastagem, palha de fardo e à noite uma ração de milho e farelo.”.

Aquando da nossa entrevista, o criador falou-nos também de como é que elas são preparadas para o mítico dia. Dias antes do acontecimento, o senhor que transporta, vai sempre ter com a burrinha e começa a criar a ligação com ela. No próprio dia a burrinha, já tem uma ligação criada com a pessoa que a transporta o que facilita a sua viagem.

Infelizmente 2020 cancelou o cortejo bíblico, mas para o Sr. Francisco Ferraz, o ano 2021 será um ano muito bom e que trará de novo as tradições.